Saiba como a Nano está criando uma economia acessível e justa para todos.

0
428

Como apoiador, apaixonado e grande entusiasta do Universo de criptomoeda, tento trabalhar da melhor maneira possível a fim de promover o seu uso e adoção geral. Por esse motivo, procuro me informar sobre os principais projetos existentes, seus objetivos, sua filosofia e assim por diante. A existência de alguns desses projetos e o desenvolvimento de tecnologias é de fato uma revolução e, por causa disso, vemos uma crescente adoção a cada ano. Pessoas e Instituições estão começando a desafiar o papel do dinheiro fiduciário (Real, Dólar, Libra, Euro, Iene, Peso, Lira, Franco Suíço etc.) em nossas economias, e a guerra iniciada pelos governos contra o dinheiro e a soberania financeira está sendo respondida por aqueles que acreditam que a liberdade monetária é a chave para uma sociedade livre.

Dito isto, a Nano também está “desafiando os desafiantes”. Ao contrário de qualquer grande criptomoeda, a Nano vem questionando e desafiando os seguintes pontos:

  • Não há necessidade de taxas para proteger a rede.
  • Não há necessidade de incentivos financeiros direto para executar um nó.
  • Não há necessidade de hardware extremamente caro para executar um nó.
  • Não há necessidade de uso excessivo de energia elétrica para proteger a rede.
  • Não há necessidade de horas e mais horas para a confirmar suas transações.
  • Não há necessidade de restringir quantas transações por segundo podem ser feitas ou qual o tamanho dos blocos.

Nano LogoUma abordagem gerenciável da simplicidade é “se não for necessária para o objetivo, não a use”. Se um usuário de criptomoeda pode enviar dinheiro com segurança, sem gastar 1 centavo de taxa, com a confirmação das transações em menos de um segundo e sem a necessidade de um intermediário, significa que esta criptomoeda está estritamente preparada para “n” sistemas baseados em caixa eletrônico ponto a ponto, e devem ser, razoavelmente e a longo prazo, utilizada por todos.

Logo, todas essas características e funcionalidades da Nano não significa que a mesma seja perfeita em todos os sentidos. De fato, há algumas coisas que a Nano não tem, como por exemplo, a privacidade, que é um direito fundamental e humano. Qualquer forma de moeda deve proteger a privacidade financeira de seus usuários, algo que a Nano não pode fornecer com confiabilidade no momento, embora os desenvolvedores já estão estudando e testando a possibilidade de futuramente implementar camadas de privacidade no protocolo da Nano.

Agora, o que tudo isso tem a ver com “criar uma economia justa?”

Bem, isso tem a ver com o fato de que todos devem e podem participar de alguma maneira, não necessariamente igual, de algo que lhes deem algum tipo de governança na sua rede financeira privada.

Frequentemente, ouvimos apoiadores de outras criptomoedas, dizendo que eles executam nós para ter algum controle na rede, validar suas próprias transações ou ser capaz de “aceitar ou rejeitar alterações na rede”. Infelizmente, para eles, a execução de um nó por esses motivos, não significa que eles terão algum controle realista, porque, sem poder de hash, as coisas que eles fazem com sua própria cópia da blockchain (cadeia de blocos) não têm nenhum impacto na rede.

Pelo contrário, os usuários da Nano sim, têm a capacidade de contribuir com o seu próprio equilíbrio para escolher a descentralização da rede, selecionando o representante que pode delegar o seu peso de voto disponível ao nó de sua escolha. Além disso, todos os argumentos usados por usuários de outras criptomoedas para justificar a execução de um nó, realmente se aplicam à Nano e têm um impacto na rede.

A execução de um nó completo, por uma fração do custo, não significa apenas que se possa verificar as transações, mas também que é possível obter uma maior descentralização, o que fortalece ainda mais a Nano e a torna mais segura sem a necessidade de se desperdiçar muito tempo, dinheiro e energia. Ao invés de ter observadores externos sem poder de hash para impor suas decisões, eles se tornam apoiadores da moeda e ajudam a fortalecer e dar mais segurança à rede.

CbmOMoZIsso significa que mesmo as pessoas nos países em desenvolvimento podem contribuir para a descentralização e segurança da rede, em vez de concentrar as mineradoras em países com eletricidade ridiculamente barata. O poder é distribuído de maneira justa aos usuários reais da rede, algo que não é feito por nenhum outro projeto importante.

Nos próximos anos, veremos melhorias ainda maiores e tenho certeza que as pessoas perceberão a Nano ainda mais que antes. É uma tecnologia totalmente incrível, que tem quase tudo o que as pessoas querem quando ouvem falar de “dinheiro digital”.

Graças aos desenvolvedores, aos usuários e à comunidade por trás disso. São esses que estão fazendo do mundo um lugar melhor, com melhores oportunidades e igualdade para todos.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui